Título Insights Todas as Notícias

Notícias

Insights

Caminho de Navegação

Caminhos de Navegação

Publicador de Conteúdos e Mídias

Roda da Segurança da Informação

Hepta e ANA realizam evento online para conscientizar usuários sobre a importância de posturas e práticas seguras nos meios digitais

Em 30 de novembro é comemorado o Dia Internacional da Segurança da Informação. A data foi escolhida para lembrar de um vírus digital descoberto por pesquisadores da Universidade de Cornell em 1988, muito antes da popularização da internet, para orientar as pessoas sobre o uso seguro das redes. “Os usuários são o elo mais fraco na corrente de segurança e isso só acontece por não terem acesso a uma série de informações. Valorizamos as pessoas e nada empodera mais do que a informação”, destacou Rinaldo Accioly, gerente Comercial e Marketing da Hepta Tecnologia. 

Para marcar a data e reforçar o movimento global de engajamento de usuários com o tema, a Hepta e a Agência Nacional de Águas e Saneamento Básico (ANA) realizaram um bate-papo online - a Roda da Segurança da Informação - com o intuito de informar e conscientizar os usuários sobre a importância de posturas e boas práticas de segurança. 

É possível assistir à gravação do evento a qualquer momento em nosso canal no Youtube.  

Na terça-feira, dia 30/11, das 15h às 17h, Renier Ponciano - Especialista em Segurança da Informação na Hepta Tecnologia, Fábio Borges - Superintendente de TI na ANA e Fabiano Almeida - Especialista em Geoprocessamento na ANA, contaram com a moderação de Thamiris Lima, da equipe de cerimonial da ANA, em um bate-papo leve e instrutivo. A conversa foi pautada pelos temas ransomware, dicas de senhas, VPN e rede wi-fi no trabalho no remoto, mídias removíveis e armazenamento em nuvem que fazem parte da Cartilha de Segurança da Informação criada pela Hepta.  

Leia a cartilha, pratique e faça parte desse grande movimento em prol da segurança da informação! 

Essa é apenas uma das várias ações em parceria com os nossos clientes para conduzir os usuários a Um Jeito + Seguro de se conectar. Saiba mais sobre o assunto no artigo Caminhos mais seguros: Estratégias para ampliar a segurança da informação escrito por Rinaldo Accioly, Gerente Comercial e Marketing na Hepta Tecnologia. 

Conteúdo relacionado  

Caminhos mais seguros

Estratégias para ampliar a segurança da informação

Diz o ditado popular que a força e segurança de qualquer corrente deve ser medida pelo elo mais fraco. E todos sabem que o elo mais fraco em qualquer estratégia de segurança da informação é o usuário. E é exatamente por ai que os cibercriminosos atacam e foi assim que uma verdadeira pandemia de ransomware se espalhou pelo mundo junto com a pandemia de Covid-19

O desafio da segurança cibernética não deve ser exclusividade da TI, mas de todos que participam do ecossistema organizacional.  

A Hepta Tecnologia tem tanta certeza disso que há vários anos realiza campanhas e atividades para conscientizar e engajar os usuários, tanto como parte da estratégia de segurança da informação que implantamos em parceria com nossos clientes, como para o público em geral. 

“Na Hepta, as pessoas estão no centro das decisões e o #CapitalHumano é um de nossos valores estratégicos. Isso se reflete tanto no empoderamento dos usuários finais como parte da Estratégia de Segurança da Informação, como na forma que buscamos construir soluções ágeis e inteligentes para as mais diferentes dores e oportunidades de nossos clientes.” 

Rinaldo Accioly – Gerente Comercial e Marketing 

Quer saber mais sobre o tema e conhecer as atividades que realizamos? Dá uma olhada no artigo que o Rinaldo preparou. 

 

Faça download do artigo completo em formato PDF.

 

Dia internacional da Segurança da Informação

Hepta e ANA promovem ações para conscientizar usuários sobre a importância de posturas e práticas seguras nos meios digitais.

No dia 30 de novembro é comemorado o dia Internacional da Segurança da Informação e com o intuito de informar e conscientizar os usuários sobre a importância de posturas e práticas seguras, especialmente nos meios digitais, a Hepta preparou uma cartilha sobre o tema, em que foram selecionadas diversas dicas e orientações para Um Jeito + Seguro de Se Conectar.

Este material servirá de ponto de partida para um bate-papo online organizado pela Hepta em parceria com a Agência Nacional de Águas e Saneamento Básico (ANA). “Todos os anos buscamos promover ações de conscientização dos usuários em parceria com nossos clientes”, explicou Eduardo Martinelli, diretor de tecnologia da Hepta. “Queremos que essa seja uma data lembrada pelos usuários para reforçar a nossa segurança e esse evento em parceria com a Hepta veio em boa hora”, completou Fábio Borges, superintendente de TI da ANA.

Sobre o evento

A Roda da Segurança da Informação será um bate-papo on-line em linguagem simples e direta com foco no usuário final. Serão abordados temas, como: uso de VPN e mídias removíveis, cuidados com o armazenamento de dados e os riscos de se cair em armadilhas de engenharia social.

O evento será realizado gratuitamente no canal da Hepta no YouTube (link de acesso: https://bit.ly/roda-seguranca), na terça-feira, dia 30/11, às 15h. O bate-papo contará com a participação de:

  • Renier Ponciano - Especialista em Segurança da Informação na Hepta Tecnologia,
  • Fábio Borges - Superintendente de TI na ANA e
  • Fabiano Costa de Almeida - Especialista em Geoprocessamento na ANA.

Sobre a cartilha

A cartilha é formada por 5 capítulos:

Estes temas foram escolhidos levando em consideração a migração em massa dos escritórios para o teletrabalho durante a pandemia, o que impulsionou vários ataques cibernéticos.

Com o avanço da tecnologia e a conversão cada vez maior de uma infinidade de informações valiosas para o formato de mídia digital, criminosos cibernéticos descobriram uma forma de tornar ainda mais vantajoso o acesso a dados privados: o sequestro deles.

Segundo pesquisa realizada em 2020, pela empresa especializada em segurança da informação Kaspersky, o Brasil lidera a lista dos países mais afetados por ataques de ransomware empresariais ao redor do mundo, seguido por Rússia entre outros.

Quando se trata de segurança da informação, senhas podem ser um grande problema. O capítulo de senhas contém dicas de como escolher senhas, como memorizá-las e aborda a questão de autenticação de multifator, segurança extra na hora de se conectar.

Quanto mais conhecimento temos sobre os métodos de segurança da informação, por mais básicas que sejam, estamos contribuindo para maior segurança pessoal e profissional. Quando se trabalhar em casa e não no escritório, por exemplo, perde-se o contato direto com a equipe de TI na hora de se conectar, e todos os mecanismo de segurança implantados na rede física. Por isso, as dicas de segurança de rede VPN e Wi-Fi são importantes para elevar o nível da segurança por conta própria.

O capítulo de mídias removíveis pode surpreender, alguns podem pensar, por exemplo: mas quem usa pendrive hoje em dia? A resposta pode ser: Hackers!

Apesar de não serem tão utilizadas, as mídias removíveis podem ser usadas como um meio para propagação de códigos maliciosos (malware) que irão infectar ou comprometer o computador e até mesmo a rede corporativa. Neste capítulo, os usuários vão conhecer os perigos e como se proteger de possíveis armadilhas por mídias removíveis.

Por fim, o último capítulo da cartilha de segurança da informação que vem sendo bastante utilizado nos últimos anos, principalmente durante a pandemia e trabalho remoto, estamos falando do Armazenamento em Nuvem. É importante tomar alguns cuidados quando se trata de acessar um serviço de armazenamento de nuvem e dar acesso, ou seja, compartilhamento de dados. Siga as orientações que estão na cartilha e tenha sempre Um Jeito + Seguro de se conectar.

 

SERVIÇO

O QUE?

Roda da Segurança da Informação

QUANDO?

Terça-feira, 30/11 - às 15h

ONDE?

Canal da Hepta no Youtube - https://bit.ly/roda-seguranca

COMO?

Evento aberto e gratuito. Basta acessar o link e acompanhar.

Outras informações:

Ascom ANA – imprensa@ana.gov.br

Ascom Hepta – comunicacao@hepta.com.br

 

Faça download da cartilha completa em formato PDF.

Somos GPTW. Pela 3ª vez!

Nosso time falou e a GPTW certificou. Hepta é uma ótima empresa para trabalhar

É com muito orgulho que celebramos o terceiro ano consecutivo de reconhecimento do nosso time e certificação pela GPTW.

Obter esse certificado por 3 anos consecutivos é um indicador de que nossos esforços estão dando resultado. Ao colocar em prática o #JeitoHepta de ser e fazer as coisas, conseguimos criar um ambiente de trabalho saudável, um lugar onde as pessoas sentem orgulho de trabalhar.

Esse certificado é o resultado do trabalho de cada um dos nossos colaboradores, que vivem e colocam em prática os nossos valores:

 

Valorizando o #CapitalHumano, suas necessidades e suas diferenças, em todos os momentos e em todas as ações.

Atuando em #Colaboração,
sempre com diálogo propositivo,

e o #Respeito às pessoas, às leis,
e ao meio ambiente

mantendo a #Coerência entre discurso e prática,

Sem nunca perder de vista o
#Equilíbrio entre vida pessoal e trabalho,

porque, afinal, acreditamos na #Felicidade plena: indivíduo, trabalho e família.

E todos nós, juntos, acreditamos e
incentivamos a #Transformação.

Esse é o #JeitoHepta de ser e fazer as coisas.

     

Somos GPTW, de novo!

Pelo segundo ano consecutivo a Hepta foi certificada como “Um Ótimo Lugar Para Trabalhar”

A pesquisa Great Place To Work - GPTW é uma consultoria de alcance global que apoia organizações a obter melhores resultados por meio de uma cultura de confiança, alto desempenho e inovação. Todo ano a GPTW realiza uma pesquisa com milhares de organizações para a identificar as melhores empresas para se trabalhar, certificando-as com selos GPTW e ranqueando as que mais se destacaram em âmbito nacional, regional, setorial e temático. 

A pesquisa é feita entre os colaboradores da empresa e é 100% confidencial. O questionário pode variar entre os anos, mas a metodologia se resume em pesquisa de clima organizacional, práticas culturais e comentários que os colaboradores podem fornecer.  Estamos muito felizes e honrados de termos sido certificados pelos segundo ano consecutivo!

Em 2019, a Hepta participou da pesquisa pela primeira vez, alcançando a excelente nota de 80 pontos, muito próxima da média das 150 melhores empresas para se trabalhar no país identificadas no ranking do ano passado que foi de 86 pontos. As informações obtidas na pesquisa foram fundamentais para ações de melhoria do clima organizacional. "Não fazemos essas pesquisas para sermos elogiados, queremos saber como estão as coisas. Sempre tem o que melhorar", disse o nosso diretor de tecnologia Eduardo Martinelli. 

A edição de 2020 aconteceu entre os dias 25 de agosto a 08 de setembro e contou com a participação de 487 colaboradores, representando 78% de participação da Hepta. Além disso, 772 comentários foram feitos nas questões abertas ao final do formulário com elogios, observações e críticas. Em nenhum dos dois anos a Hepta buscou o ranqueamento, mas sim entender como as ações impactaram seus colaboradores.  

E neste ano atípico, a Hepta recebeu uma pontuação de 86 pontos, sendo que a média das 150 melhores empresas para se trabalhar no Brasil ficou com 88 pontos. “Isso é motivo de muito orgulho! Tomamos as decisões pensando em nossos valores e trabalhamos todo dia para fazer um ambiente melhor”, afirmou Martinelli. Em comparação com 2019, a Hepta se aproximou da média melhores empresas para se trabalhar. Tudo indica que o planejamento estratégico e as ações da pandemia contribuíram para a boa nota.  

O #JeitoHepta – que nada mais é do que o conjunto dos nossos valores estratégicos colocados em prática - é muito importante para nós e vai muito além das palavras. Manter a ética e o clima organizacional é um compromisso nosso e o segundo ano consecutivo de certificação GPTW é uma das provas de que a #Coerência entre discurso e prática é levada a sério e que somos sempre capazes de #Transformar, mesmo em tempos atípicos como o que vivemos.

Hepta Tecnologia apoia a Semana de Inovação 2021

Maior evento de inovação no setor público da América Latina acontece entre 9 e 12 de novembro com o tema a “Ousar Transformar”

A Semana da Inovação é o maior evento de inovação na América Latina e reunirá em sua 7ª edição mais de 30 palestrantes reconhecidos nacional e internacionalmente para falar sobre o tema “Ousar Transformar”. “A Hepta apoia o evento por que temos a transformação na nossa essência, como um valor estratégico”, destaca Eduardo Martinelli, sócio fundador da Hepta Tecnologia. 

Realizado em formato online e com inscrições gratuitas, entre os dias 9 e 12 de novembro, a Semana da Inovação também oferecerá 360h de atividades, 50h de conteúdo on demand, oficinas, pitchs, mesas redondas, entre outras experiências imperdíveis. “Esse é um evento recheado de conteúdo e de experiências que estimulam a refletir sobre soluções de tecnologia e inovação. Não só apoiamos a realização do evento, mas queremos participar ativamente e explorar esse universo de inovação”, afirma Rinaldo Accioly - gerente comercial e de marketing.  

Foi criada uma galáxia virtual especialmente para o evento e os participantes poderão viajar pelos mundos de seus interesses, cada um com uma programação específica. Para completar a experiência, o evento contará com a participação de inovadores como Jimmy Wales, Theodor Christensen, Deirdre Nansen McCloskey, Dino Cantú, Glen Weyl, Bruno Maçães, Giulio Quaggiotto, Pamela Pavliscak, entre muitos outros! 

As inscrições estão abertas até o dia 12 de novembro e podem ser realizadas através do site:  gov.br/enap/semanadeinovacao

 

SOBRE A ORGANIZAÇÃO 

O evento é organizado pela Escola Nacional de Administração Pública (Enap), o Tribunal de Contas da União (TCU), a Faculdade Latino-Americana de Ciências Sociais (Flacso) e o Ministério da Economia. 

 

Saiba mais sobre o evento e a programação:  

Semana de Inovação 2021

Hepta apoia o maior evento de inovação no setor público da América Latina

Hepta apoia o maior evento de inovação no setor público da América Latina, organizado pela ENAP, TCU e FLACSO.

O tema deste ano, "Ousar Transformar", tem tudo a ver com o #JeitoHepta, pois acreditamos e incentivamos a capacidade de transformar e temos como missão a busca de soluções ágeis e inteligentes para melhorar processos e rotinas de trabalho, otimizar recursos e agregar valor ao negócio dos nossos clientes dos setores público e privado.

Apoiar e participar da 7ª Semana de Inovação (#SI2021) é uma oportunidade única de colaborar em prática dois de nossos valores estratégicos: colaboração e transformação. Convidamos todos a participar da discussão de ideias, troca de experiências e, assim, disseminar ainda mais a cultura da inovação.

O evento (online e gratuito) será realizado de 9 a 12 de novembro, inscreva-se em semanadeinovacao.enap.gov.br.

[Live] Destaques e novidades dos aplicativos Microsoft 365

Handry Menezes e Paulo Moreira compartilharam dicas para tornar o trabalho ainda mais produtivo com o Microsoft 365

O Microsoft 365 é projetado para ajudar o usuário a produzir de forma mais efetiva com diversos aplicativos de apoio ao trabalho cotidiano e outros com foco na comunicação e colaboração online. Além do famoso e tradicional Pacote Office (Word, Excell, Power Point), o que mais pode ser utilizado no dia a dia?  

Foi pensando nisso que a live “Destaques e novidades dos aplicativos Microsoft 365” aconteceu. Escalamos alguns membros do Time Hepta para essa tarefa: Handry Menezes e Paulo Moreira, ambos especialistas com diversas certificações Microsoft e experiência de mais de uma década, juntamente com Rinaldo Accioly, moderador da live e gerente Comercial e Marketing.  

O evento aconteceu no dia 25/08 às 17h e abordou características e uso dos aplicativos Teams, Outlook, OneDrive, OneNote, Sharepoint, Delve e Forms.  

O evento online marcou o encerramento da campanha “Colaboração Online e Comunicação Ágil com Microsoft 365”, onde uma série de conteúdos sobre os aplicativos do Microsoft 365 foram apresentados de forma leve e suscinta. A campanha contou com o apoio institucional de alguns de nossos clientes: Advocacia Geral da União - AGU, Agência Nacional de Mineração - ANM, Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos - MMFDH e Ministério do Turismo - MTur. Para solicitar acesso ao material completo, preencha o formulário

“Essa campanha e outras que fizemos desde o início da pandemia, são resultado da união da nossa expertise como parceiro Microsoft, somada a nossa parceria com nossos clientes. Sempre com foco em potencializar as competências dos nossos clientes, no trabalho do dia a dia e seus investimentos de tecnologia. Ou seja, todo mundo trabalhando bem e com conhecimento da plataforma”, afirmou Rinaldo Accioly na abertura do evento. 

Com o crescimento do home office, conteúdos como estes tornaram-se cada vez mais necessários para amplificar e potencializar o ambiente corporativo, mesmo que a distância. Assim, as funcionalidades de cada aplicativo podem ser aproveitadas ao máximo, tornando o dia a dia de trabalho ainda mais produtivo. “Se manter no ‘topo da onda’ é sempre um diferencial, principalmente no ramo de TI onde tudo evolui de forma bastante rápida. Procurando conhecer as novidades das ferramentas, nós acabamos descobrindo formas de executar tarefas utilizando todo potencial disponibilizado pelos novos recursos. O que em grande parte resulta em maior qualidade e agilidade”, reforça Paulo Moreira. 

É possível assistir a gravação do evento a qualquer momento em nosso canal no Youtube. 

 

Como trazer flexibilidade e elasticidade à gestão de TI

Information Technology Outsourcing (ITO) assume papel fundamental para a boa governança

Cada vez fica mais claro que TECNOLOGIA não é custo e sim investimento. 

A missão da área de Tecnologia da Informação (TI) não está mais restrita ao suporte operacional do negócio. Nos tempos atuais, especialmente com a pandemia de Coronavírus afetando todo o mundo, o gestor de TI precisa atuar ao mesmo tempo na sustentação e na otimização e transformação digital com foco em novos negócios.

Mas como fazer isso em um ambiente de recursos – especialmente humanos e financeiros – escassos? 

Como lidar com a pressão do aumento da demanda por serviços de TI em um cenário de déficit de profissionais capacitados? 

Como trazer flexibilidade e elasticidade à gestão de TI, garantindo assim que teremos os recursos necessários para atender a demanda sem termos que pagar pela ociosidade?

Acreditamos que o Outsourcing de Serviços de TI (Information Technology Outsourcing – ITO) assume papel importante na resposta a esses dilemas enfrentados pela governa de TI moderna e bimodal. Entre os muitos benefícios dessa estratégia estão:

  • redução de custos: ao agregar serviços sem a necessidade pagar por recursos ociosos, é possível manter e até mesmo reduzir os custos mensais;
  • aumento da maturidade: com especialistas capacitados e focados na otimização e melhoria contínua, a maturidade da governança é um resultado natural;
  • “Competência as a service: nesse modelo é possível ter acesso a competências técnicas de diferentes áreas, a qualquer momento, sem altos investimentos em capacitação ou consultorias.

Acesse o ebook para mais informações e detalhamento das informações e conceitos. Ou entre em contato com nossa equipe comercial para solicitar uma apresentação.

Imagem

Hepta Tecnologia está com vagas abertas

São 24 oportunidades em áreas como desenvolvimento, projetos e suporte, em Brasília e outros quatro estados

Com foco na busca de soluções ágeis e inteligentes para apoiar empresas em sua jornada de transformação digital, a Hepta Tecnologia está expandindo sua atuação em todo o país e por isso busca novos profissionais de TI para compor seu time. “Em um ano tão complicado para todos os setores da economia, ficamos felizes por manter nosso compromisso de não demissão, mas estamos ampliando nossa equipe em todo o país”, destaca Roberto Villares, diretor executivo.

 

Ao todo estão abertas 24 vagas, sendo 20 localizadas em Brasília e outras 4 em diferentes estados. As áreas de atuação dos profissionais a serem contratados são: Banco de Dados, DevOps, Desenvolvimento, Qualidade, Projetos e Suporte. “Nosso processo de recrutamento e seleção ocorre em ambiente totalmente virtual, desde a divulgação das vagas até a realização de entrevistas e provas”, explica Laiz Sanches, analista de recrutamento e seleção.

 

VAGAS por área e cidade

 

Banco de Dados

Administrador de Banco de Dados Sênior, em Brasília/DF

Analista de Banco de Dados Pleno, em Brasília/DF

Analista de Banco de Dados Sênior, em Brasília/DF
DBA Sênior, em Brasília/DF


Desenvolvimento

Desenvolvedor FULLSTACK C#/Java, em Brasília/DF
Desenvolvedor Java Júnior, em Brasília/DF

 

DevOps

Analista DevOps Sr, em Brasília/DF

Analista de Infra Aplicação/DEVOPS, em Brasília/DF

Qualidade
Analista de Qualidade Sênior, em Brasília/DF


Segurança

Analista de Segurança, em Brasília/DF
Analista de Segurança da Informação Sênior, em Brasília/DF
Analista de segurança - Resposta e Incidente, em Brasília/DF

Analista de Processos Júnior, em Brasília/DF

Analista de Projetos, em Brasília/DF


Projetos

Gerente de Projetos Júnior, em Brasília/DF (4 vagas)
Gerente de Projetos Pleno, em Brasília/DF (2 vagas)

 

Suporte

Técnico de Suporte N2, em Rio Branco/AC

Técnico de Suporte N2, em Boa Vista/RR

Técnico de Suporte N2, em Presidente Prudente/SP

Técnico de Suporte N2, em Campo Grande/MS

 

Para se candidatar, basta acessar a Página de Oportunidades da Hepta.

Um passo à frente em Segurança da Informação: Gerenciamento Adaptável de Privilégios

Saiba como proteger seu patrimônio digital através da prevenção automatizada para ataques hackers.

Mesmo com as melhores políticas de segurança, ainda há possibilidade de invasão hacker. A maioria das organizações não se sentem seguras em relação ao gerenciamento de identidades privilegiadas, em grande parte por não conseguirem:

  • Manter inventários completos e atualizados de contas privilegiadas.
  • Ter conhecimento sobre como as contas são utilizadas, e
  • Atualizar essas credenciais sem o risco de bloqueio em processos e serviços vinculados.

A adoção de sistemas automatizados para o gerenciamento de senhas, com a orquestração do gerenciamento de identidades, retira do hacker as possibilidades de ação ao mesmo tempo em que garante a manutenção do funcionamento de todos os serviços. Assim, é possível tomar medidas rápidas e corretas para impedir a ação do invasor e os potenciais danos que possam vir a ser causados.

O processo de gerenciamento de contas com acesso privilegiado é crucial para a garantia de segurança de qualquer rede e se tornou quase impossível para a equipe de TI sem apoio de plataformas especializadas. A capilaridade de serviços e processos da rede que são afetados pelas identidades privilegiadas gerou uma rede intrincada de relacionamentos humanamente impraticável de gerenciar. Gerenciado por frameworks regulatórios que incluem desde a descoberta de máquinas até o monitoramento de contas e mudanças periódicas de senhas, o gerenciamento de identidades privilegiadas é o passo à frente na segurança da informação.

Ferramentas como a plataforma da Lieberman Software, parceira da Hepta, automatizam todo o processo e se adaptam para garantir a continuidade dos serviços enquanto impedem a ação de invasores. Aliada a um sistema de detecção-e-respostas de ameaças assíncrona, a solução da Lieberman minimiza a movimentação lateral no ambiente e aceleram a remediação de ataques detectados. 

Este White Paper, baseado em material elaborado pela Lieberman Software, apresenta um pouco da realidade atual e mostra como a plataforma de gerenciamento automatizado atua para proteger o seu patrimônio digital.

Imagem

Dia das Mulheres 2021

Um olhar das mulheres sobre sua experiência como gestoras na Hepta

Dia 08 de março é marcado mundialmente como o Dia da Mulher. A data reserva muitas histórias, algumas batalhas, mas também muitas conquistas. Este é um dia para refletir sobre o papel e a posição da mulher na sociedade e em como ainda existe um caminho a ser percorrido para que as mulheres ocupem os espaços que quiserem, de forma igualitária. 

Ser gerente em uma área majoritariamente masculina - como é o mercado de tecnologia - pode ser desafiador. Mas exatamente por isso tem aberto espaço para que a participação feminina aumente. Segundo pesquisa International Business Report da Grant Thornton, 34% dos cargos de gerente sênior é ocupado por mulheres entre as empresas brasileiras, sendo que a média global é de 29%. 

Presença feminina tem aumentado na Hepta 

Atualmente, 14,39% do quadro de colaboradores da Hepta é composto por mulheres, representando um aumento de aproximadamente 3% com relação a 2019. A área em que a participação feminina mais cresceu foi na Gerência Geral de Operações, que apresentou um aumento de 42% em relação ao ano anterior.  

Tendo à frente uma mulher – uma das poucas no quadro de gerentes da empresa – a Gerência de Entrega de Serviços (GES) também é a área onde a maioria das nossas colaboradoras atuam: 50,49% das 103 mulheres do Time Hepta estão na GES. E essa mulher de voz doce, mas sempre firme, tem muita experiência para compartilhar. No mercado de TI desde 1997 e liderando a GES da Hepta desde 2019, Katryne Fontanari se sente bastante à vontade. “Eu percebo hoje, um respeito enorme de todos esses gerentes homens e até uma sede em compartilhar e fazer um casamento bem feito das diferenças”. Mas é importante destacar que, em sua equipe 

Nathália Tatagiba, Gerente de Contratos, aprofunda um pouco na questão da liderança em tempos de pandemia e afirma que “durante este período as mulheres puderam mostrar um pouquinho de diferencial nessa pandemia, com um olhar mais humanizado”. Ela destaca a importância de conhecer seus colaboradores e o que estão passando. “Se ele não estiver 100%, não vai conseguir entregar”, completa. 

Já a gestora de contratos, Ana Lídia, destaca como foi desafiador liderar uma equipe na linha de frente do combate à Covid-19 no início da pandemia. Responsável pelo contrato com o IGESDF, órgão responsável por hospitais e unidades básicas de saúde do Distrito Federal, e onde o suporte da Hepta era essencial para garantir a assistência necessária às pessoas, ela teve que lidar com ainda mais desafios. “Foi um dos projetos mais delicados nesse momento de pandemia, mas a gente se dedicou ao máximo para que o usuário lá na ponta – o paciente – tivesse a qualidade do serviço prestado do que era de responsabilidade da TI”, disse.  

Katryne Fontanari, Nathália Tatagiba e Ana Lídia foram convidadas para falar um pouco sobre suas experiências como mulheres e como líderes. Com elas, queremos homenagear todas as mulheres do #TimeHepta e também destacar o quanto é importante para nós podermos contar, cada vez mais, com a presença feminina em diferentes posições e cargos.  

#GerencieComoUmaMulher 

 

Live Engenharia Social

Hepta promove evento para o Dia Internacional da Privacidade de Dados

No dia 28/01 é comemorado o Dia Internacional da Privacidade de Dados. Para marcar essa data, a Hepta realizou uma live sobre a principal ferramenta dos criminosos: Engenharia Social. O evento contou com a participação de Kramer Saunders e Renier Ponciano, Especialistas em Segurança da Informação, mediados por Rinaldo Accioly, Gerente Comercial e Marketing na Hepta. 

Com a LGPD, os avanços da internet, o aumento do home office e da Educação à Distância (EAD), os cuidados com os dados pessoais tem sido uma das grandes preocupações aos internautas que querem se proteger de ataques cibernéticos. A Engenharia Social é a técnica empregada por esses criminosos para induzir usuários a enviar dados confidenciais, infectar computadores com malwares ou disseminar links para sites infectados. 

“Dando uma definição bem de tecnologia, de segurança. A engenharia social é a arte de hackear pessoas”, explicou Renier. Os cibercriminosos que utilizam dessa engenharia aproveitam vulnerabilidades da internet, de sistemas e até mesmo de pessoas para adquirirem informações importantes. Os principais crimes cometidos por esses hackers consistem em práticas de estelionato, roubo de dados, fraudes, entre outros.  

Kramer cita a importância que os dados têm hoje em dia e como eles têmtambém podem ser valiosos no mercado. Antes do evento iniciar, uma pesquisa foi realizada para mapear o contato que o público já havia tido com a Engenharia Social. Cerca de 63% pessoas afirmaram que já sofreu ou conhece alguém que já foi vítima de Engenharia Social. Por isso, é importante a conscientização e as boas práticas no meio virtual para evitar que ataques como esses aconteçam. 

Quais são os meios utilizados na Engenharia Social? “Existem muitos tipos de ataques, o mais eficaz e que afeta mais pessoas é o phishing”, afirma Renier, “É uma mensagem que você recebe por email e tem como objetivo ou convencer você a executar uma ação (um arquivo por exemplo) ou ceder algum dado pessoal seu (CPF, dados financeiros, etc)”.  

Existem diversos outros ataques de engenharia social. No Tailgating, o invasor segue a vítima   credenciada para invadir alguma organização. O Pretexting quando o hacker finge ser uma pessoa para conseguir dados da vítima, muito comum via Whastapp. O Quid Pro Quo consiste em persuadir a vítima em troca de algo. E outro extremamente comum é o Baiting, em que dispositivos infectados com malwares roubam informações da vítima. Confira abaixo a resposta dos participantes: 

O usuário da internet deve e pode se prevenir de tais ataques ao desconfiar e analisar criticamente o que chega até ele, seja um link, um email ou uma mensagem de WhatsApp. O recomendado é sempre frequentar redes seguras, navegar em sites confiáveis e não ceder dados pessoais a não ser que tenha a certeza de quem é o solicitante (e se ele é confiável).  

Além disso, como prevenir ataques de Engenharia Social no âmbito corporativo? Kramer responde indicando que “um bom plano de conscientização em conjunto com uma boa política de segurança faz uma soma perfeita”. O colaborador deve entender que os cuidados não são exclusivos da área de tecnologia, mas sim um esforço em conjunto para que nem a empresa e nem o usuário saiam prejudicados.  

A Live Engenharia Social é uma iniciativa da Hepta com o objetivo de informar e incentivar que usuários da internet tenham boas práticas no meio virtual. Este é o #JeitoHepta de oferecer soluções digitais ágeis e inteligentes usando a tecnologia para #Transformar de forma inovadora. 

Assista a live: 

LGPD: Lei Geral de Proteção de Dados

Entenda a nova legislação e seus reflexos na governança e compliance

Em vigor desde setembro de 2020, a Lei Geral de Proteção de Dados – LGPD não trata de um tema totalmente novo, mas traz um aperfeiçoamento significativo em conceitos e regras relacionadas à privacidade do cidadão e proteção dos seus dados pessoais.

“A nova lei impacta, principalmente, em relação ao fortalecimento de princípios com transparência e segurança no contexto das organizações”, explica Eva Marinello, analista de governança na Hepta Tecnologia e autora de um ebook que busca apresentar os principais pontos da nova legislação para a Governança Corporativa e Compliance.

Organizado em duas áreas temáticas – Sobre a LGPD e Governança e Compliance – a publicação eletrônica reúne em pouco mais de 20 páginas os principais conceitos e boas práticas para a adequação e conformidade com a legislação de proteção de dados. “É importante que as empresas avaliem suas políticas e seus processos para identificar possíveis fragilidades e realizar os devidos ajustes para estar em conformidade com as novas regras”, completa Eva.

E as responsabilidades da TI?

A área de Tecnologia da Informação tem um papel fundamental no contexto da LGPD, mas é importante que gestores e suas equipes estejam preparados para participar ativamente da implementação de novos processos, adequação de rotinas e uso de tecnologias necessárias para atender às demandas que a nova lei exige.

De maneira geral, a TI deve auxiliar na adoção de ferramentas e padrões para adequar a infraestrutura tecnológica conforme as necessidades que estão surgindo. E nesse ponto é fundamental falar sobre Segurança da Informação, tema de extrema relevância no contexto da nova lei. “Pode-se dizer que as empresas que já adotam práticas, modelos, normas ou padrões que atendam os requisitos de segurança da informação já tem meio caminho andado”, afirma Eva Marinello.

Acesse o ebook para saber mais sobre a LGPD e as boas práticas de Governança e Compliance.

 

LGPD e Riscos Digitais foi o tema de uma live realizada pela Hepta no dia 29/10 e que teve a participação de Eva Marinello e Renier Ponciano. Esse ebook e alguns outros materiais relacionados são fruto de um longo trabalho de estudo, pesquisa e, principalmente, vivência na adequação à nova legislação.

 

Materiais relacionados:

Live LGPD e Riscos Digitais

Hepta promove live com Eva Marinello e Renier Ponciano para ajudar a entender a nova legislação.

O que é LGPD? O que são dados pessoais e quais são os seus novos direitos? Qual a relação entre LGPD e Segurança da Informação? Esses foram alguns dos tópicos levantados durante a live da Semana da Segurança da Informação - “LGPD e Riscos Digitais” que aconteceu no dia 29/10, às 15h30. O evento contou com a participação de Eva Marinello, Analista de Governança e Renier Ponciano, Especialista em Segurança da Informação, mediados por Rinaldo Accioly, Gerente Comercial e Marketing na Hepta. 

A Lei Geral de Proteção de Dados – LGPD tem sido um tema de grande relevância e as organizações precisam se adequar o quanto antes. Eva Marinello esclarece na live alguns pontos importantes para a compreensão da nova legislação como o que é, a quem se aplica, conceitos, como funciona o tratamento dos dados e muito mais.

“A LGPD não revogou nenhuma outra lei, ela complementa práticas que nós já temos no nosso país sobre privacidade e proteção de dados. Mas ela também traz o fortalecimento de alguns conceitos, por exemplo, segurança e transparência”, afirma Eva. “Ela traz um diferencial para o cidadão no sentido do controle dos dados.“ Todas as organizações devem se adequar e a vantagem é, principalmente, para o titular (dono dos dados pessoais).

E como a Segurança da Informação e a LGPD estão relacionadas? “É preciso que haja controles para proteger as informações das pessoas que estão armazenadas na organização”, afirma Renier. A Segurança da Informação tem 3 pilares: a Confidencialidade, a Integridade e a Disponibilidade. Esse trio é indispensável para que as informações sejam protegidas em todos os âmbitos, principalmente o digital.

Assita a live:

Você também pode fazer download da facilitação gráfica feita pelo Lucas Alves, da Ideia Clara. Um resumo visual dos conceitos e temas abordados.

A Live fez parte da Semana da Segurança da Informação, uma ação da Hepta para seus clientes e para a sociedade como todo. O objetivo é informar os usuários, ajudando na conscientização de cada um quanto a segurança cibernética, evitando assim que mais incidentes aconteçam no ambiente virtual.

Este é o #JeitoHepta de incentivar a #Transformação do ciberespaço num local mais seguro. 

Entendendo a Segurança da Informação

E como os projetos de adequação à LGPD podem se beneficiar dessa disciplina?

Segurança da informação é uma área bastante ampla e tem o fornecimento de proteção de ativos como objetivo. Neste contexto, ativo é todo elemento que possa trazer algum prejuízo para seu dono, responsável, empregador, se porventura, sofrer ou gerar algum tipo de dano. Note que pessoas, hardware ou software podem ser citados como exemplos de ativos aos olhos da segurança, uma vez que todos possuem potencial danoso.

No emprego de proteção, a Segurança da Informação conta com controles tanto físicos quanto lógicos. São exemplos de controles físicos de segurança o uso de blindagens, cofres, paredes dentre outros e para controles lógicos podemos citar o uso de software, políticas e normas.

A Cibersegurança é a parte da Segurança da Informação que fornece elementos digitais de proteção que a informação necessita. Em uma intensidade cada vez maior, empresas, indústrias e governos interconectam sistemas digitais em busca de mais eficiência. Neste cenário, riscos de várias naturezas começam a se elevar.

Proteger informações sempre foi a função básica da Segurança da Informação. Com o advento da Lei Geral de Proteção de Dados – LGPD, esta proteção passa a ser mandatória e a não obediência, juntamente aos vários cuidados que a proteção de informações pessoais, poderá custar caro para as organizações.

Protegendo dados em sua infraestrutura local e na nuvem

 

  • Controles de acesso: acesso controlado e exclusivo a quem realmente necessita;
  • Ciclo de vida de contas: vincular sistema de cadastro de pessoas na organização com o controlador de domínio;
  • Riscos da rede sem fio: deve ser isolada e sem comunicação com serviços e sistemas internos restritos aos colaboradores;
  • Backups: apesar de não ser um recurso de prevenção, é fundamental validar a integridade e eficácia dos backups para possibilitar a recuperação das informações;
  • Firewall: a rede local precisa estar isolada e com as garantias corretas, preferencialmente com ferramentas de mercado com suporte e garantias;
  • Conscientização: promover o tema dentro da organização, conscientizando os usuários sobre o seu papel na segurança;
  • Criptografia: assegurar que os dados em nuvem estão todos codificados e que apenas o contratante do serviço tem acesso a chave de decodificação.

 

Como os projetos de adequação à LGPD podem se beneficiar das ações de Segurança da Informação?

Proteger dados pessoais, que são o foco da LGPD nos dias atuais, exigirá em grande parte controles lógicos fornecidos pela Cibersegurança, que é uma vertente da Segurança da Informação. Por este motivo, pode-se afirmar que, não há possibilidade de garantir adequação à LGPD sem o emprego da Segurança da Informação.

Mas, lembre-se: a LGPD é uma lei e nada é opcional nela. Assim, apenas focar na Segurança da Informação não será suficiente para garantir o cumprimento de todos os requisitos legais.

 

Que framework posso utilizar?

A ISO/IEC 27001 é uma norma de segurança da informação utilizada por gigantes como Google e Microsoft e reconhecida como um dos principais frameworks para implementação de segurança da informação / cibersegurança.

Ela fornece controles que visam estruturar como a organização se previne, trata e responde questões de segurança.

 

Quer se aprofundar no tema? Faça download do ebook elaborado por um de nossos especialistas 

Imagem

Mapeando dados pessoais para mensurar riscos

Veja os principais passos para fazer a gestão necessária.

A Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD) entrou em vigos no mês de setembro de 2020 e para fazer a correta gestão é preciso saber como entram e onde estão armazenados os dados pessoais da organização. Não é possível garantir segurança e privacidade sem ter conhecimento de quais os dados são armazenados, como, onde e porque.

Indicamos aqui 7 ações que são fundamentais nesse processo e apresentamos em formato de infográfico.

Clique no botão ao lado para fazer download do infográfico.

Imagem

Semana da Segurança da Informação 2020

Mais uma edição da campanha Um Jeito + Seguro De Se Conectar

Outubro é mundialmente marcado pela promoção da conscientização sobre segurança da informação. A Hepta também não deixa esse mês passar em branco e desde 2018 promove ações de comunicação em parceria com seus clientes para estimular a cultura de segurança e divulgar boas práticas no uso da tecnologia. Essas ações têm beneficiado tanto às organizações, quanto seus usuários.  

Em 2020 escolhemos a última semana do mês para realizar a atividade, e, dessa vez, decidimos ampliar a abrangência de nossas ações. Com o apoio institucional de algumas organizações, iremos divulgar amplamente uma série de conteúdos e materiais informativos em torno de cinco temas principais:  

  • Senhas: dicas para uma senha forte e segura 
  • VPN: dicas e boas práticas 
  • Mídias removíveis: dicas de uso 
  • LGPD e Riscos Digitais:  o que são dados pessoais e como protegê-los 
  • Site Seguro: posso acessar um site que diz que não é seguro? 

“Algumas dessas questões são recorrentes e abordamos em todas as edições da campanha – como é o caso das senhas. Outras ganharam destaque no contexto da pandemia, como é o caso do uso de VPN. Já a Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD) é um destaque bem atual, entrou em vigor em setembro”, explica Neri Accioly, responsável pela área de Comunicação Corporativa da Hepta Tecnologia. “Pela emergência e novidade do tema, além de divulgar informações e materiais, será realizada uma live com especialistas da Hepta”, completou.  

 

LGPD e Riscos Digitais 

A live “LGPD e Riscos Digitais” irá apresentar de forma geral ampla a Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais – LGPD, um assunto recente, mas digno de muita atenção. Mas por que relacionamos a nova legislação com os riscos digitais? 

“Para mim é difícil falar de LGPD sem falar de segurança da informação pelo fato de precisarmos dos conceitos e métodos de segurança para protegermos os dados pessoais”, afirma Eva Marinello, Analista de Governança da Hepta e uma das apresentadoras do evento online. O reconhecimento dessa relação estreita entre os temas é de grande importância para os profissionais da área: "Foi uma honra pra mim ser convidado para esse bate-bola com a Eva, onde vamos cruzar informações e mostrar a importância e a interrelação entre os temas para todos”, comemorou Renier Ponciano, Especialista em Segurança da Informação que também faz parte do TIme Hepta. 

A Semana da Segurança da Informação é uma ação da Hepta para seus clientes e para a sociedade como todo. ”Nosso objetivo é informar os usuários, ajudando na conscientização de cada um quanto a segurança cibernética, evitando assim que mais incidentes aconteçam no ambiente virtual!”, explica Eduardo Martinelli, diretor de tecnologia da Hepta. 

Este é o #JeitoHepta de incentivar a #Transformação do ciberespaço num local mais seguro. 

 

SERVIÇO 

O que? Semana da Segurança da Informação 

Quando? 26 a 30 de outubro de 2020 

Onde? Site da campanha - https://bit.ly/jeito-seguro

Como? Ações integradas (site, emails, redes sociais e outras plataformas de interação) para promover a informação e conscientização de usuários 

Quem? Realização da Hepta Tecnologia com o apoio institucional de: Agência Nacional de Águas - ANA, Empresa de Planejamento e Logística - EPLMinistério da Infraestrutura - Minfra, Ministério do Meio Ambiente - MMA, Ministério de Minas e Energia - MMEMinstério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos.   

Quero participar!  

Acesse os canais oficiais da Hepta e divulgue os conteúdos, fazendo a mensagem de conscientização chegar ao maior número de pessoas possível! 

Mais informações:  
Assessoria de Comunicação - Hepta Tecnologia 
Email: comunicacao@hepta.com.br 
Whats App: bit.ly/hepta-wap-business  

Hepta no HDI 3D Experience 2020 

Somos um dos patrocinadores do maior evento da América Latina para serviços de TI em versão digital! 

HDI 3D Experience 2020 Virtual Conference & Expo

Anualmente o HDI Brasil, associação global e instituto de ensino e pesquisa de referência na área de Tecnologia da Informação realiza um grande evento nacional, geralmente em São Paulo, onde se reúnem mais de 1.000 profissionais da área para interagir e debater sobre questões como Governança de Ti, Gestão de Serviços e, principalmente, inovação. Em 2020, devido a pandemia da COVID-19, será realizada uma edição especial 100% online com uma plataforma diferenciada para promover a imersão dos participantes e a Hepta não poderia deixar de participar. 

Como patrocinadora do evento, Hepta terá um estande virtual exclusivo, onde nossa equipe estará esperando os congressistas para conversar sobre nossas soluções ágeis e inteligentes. “Este é um evento diferenciado, que busca trazer uma experiência imersiva para os participantes. Estamos ansiosos pela oportunidade de conhecer novos profissionais e conversar sobre modelos inovadores de serviços em TI”, comemora Rinaldo Accioly, gerente comercial e de marketing da Hepta Tecnologia. 

Além do estande virtual cheio de atrações, a Hepta também fará uma palestra na tarde do primeiro dia de evento (22/10, às 15h) com o tema: Transformando custo em investimento com uma infraestrutura flexível e resiliente. “Sua área de TI é vista como um custo ou um investimento para o negócio? Será que seu modelo de operação está preparado para as bruscas mudanças de cenário? Como o seu modelo de operação se encaixa no framework mais amplo de sua instituição? Essas são algumas das questões que iremos abordar, trazendo casos de sucesso e mostrando resultados práticos”, adiantou Rinaldo Accioly, que será o palestrante da Hepta. 

 

CONVIDADOS ESPECIAIS

Teremos o prazer de contar com duas participações especiais em nossa palestra: André Gustavo Moreira e Fábio Cruz, da Agência Nacional de Energia Elétrica - ANEEL irão apresentar seu case de sucesso finalista no Concurso Inovação no Setor Públicoi 2020.

"A ANEEL usa um modelo de contratação de serviços de TI diferenciado e inovador, que merece o reconhecimento que está recebendo. Nós na Hepta temos muito orgulho de ter encarado esse desafio ao lado deles desde o início e ficamos felizes de terem aceito nosso convite para compartilhar com vocês esse verdadeiro caso de sucesso", comemorou Rinaldo Accioly.

A palestra da Hepta com participação da ANEEL acontece no dia 22/10 - quinta-feira, às 15h, na sala 2.

Criatividade, Inovação e Destreza Digital

O que são e como esses conceitos podem ajudar na jornada de transformação digital?

(Facilitação gráfica realizada pela Ideia Clara durante o CIDD) 

 

Criatividade – s/n Qualidade da pessoa criativa, de quem tem capacidade, inteligência e talento para criar, inventar ou fazer inovações na área em que atua; originalidade.  

Esta é a definição encontrada nos dicionários, mas na prática como funciona o processo de criatividade? E no meio corporativo? Quando a inovação é introduzida e como a Destreza Digital pode colaborar? O evento Criatividade, Inovação e Destreza Digital – CIDD que aconteceu na quinta-feria, dia 01 de outubro contribuiu para o esclarecimento de perguntas como essas. 

O evento online e gratuito foi uma realização da Hepta Tecnologia com a Rede Nacional de Ensino e Pesquisa (RNP), com apoio da WeGov. O debate contou com a moderação de André Tamura - fundador e Diretor Executivo da WeGov, e as participações de Francisco Júnior - Gerente de Atendimento da RNP, e Eduardo Martinelli - sócio-fundador da Hepta Tecnologia. Esses três profissionais excepcionais e com muita experiência de mercado na bagagem trocaram ideias, conhecimentos e experiências sobre aspectos importantes dos temas centrais do evento. 

Assista ao evento:

Imagem

DocumentosDonwloadPortlet Portlet

X

-

Suas informações estão seguras com a gente. Ao enviar seus dados, você concorda com nossa Política de Privacidade.

Quer conversar com a gente e conhecer um pouco mais do nosso trabalho?

Suas informações estão seguras com a gente. Ao enviar seus dados, você concorda com nossa Política de Privacidade.

Publicador de Conteúdos e Mídias

Roda da Segurança da Informação
Hepta e ANA realizam evento online para conscientizar usuários sobre a importância de posturas e práticas seguras nos meios digitais
Caminhos mais seguros
Estratégias para ampliar a segurança da informação
Dia internacional da Segurança da Informação
Hepta e ANA promovem ações para conscientizar usuários sobre a importância de posturas e práticas seguras nos meios digitais.

Veja Todas as Notícias

Busca por tipo de mídia

Busca por tipo de mídia